EUVÍ: O papa é pop, popular e conservador!


Não sou católico, só para constar; mas respeito a religião alheia.

Duas ativistas da Femen no dia do conclave!

Outro dia acordei e um pedaço do meu dente da frente tinha simplesmente caído. Fiquei desesperado. Ao sair de casa vi na tv que um grupo de ativistas da Femen estava fazendo um grande protesto no Vaticano contra a pedofilia. Os protestos da Femen são conhecidos pelas mulheres protestando de seios de fora.

Agora que foi eleito papa, Bergoglio agora é o anticristo para muitos evangélicos radicais e o maior monstro da Terra para muitos ateus radicais. Para os outros, ele é apenas o chefe de uma religião.

Logo, fui para o dentista assim que pude. Ao chegar no consultorio do doutor Paulo não havia uma alma sequer, só eu. Avisei que estava com o dente fraturado e ele de pronto me botou na cadeira e disse que era 30 reais. Achei barato. Daí ele lavou as mãos com uma série de produtos, entre eles o vinagre, e começou a me tratar SEM LUVAS! Ele me perguntou se eu queria anestesia e eu disse que não havia necessidade. O cheiro do vinagre enquanto ele me tratava era insuportável e sua mão era bruta e pesada; mas como ele era barateiro, nem liguei.

Reparei que haviam várias imagens de Nossa Senhora no consultorio humilde do já idoso doutor Paulo, então presumi que ele era de fato um católico praticante, e como estava na época do conclave o fiz algumas indagações sobre a igreja católica. Segundo o doutor Paulo a igreja está perdida! O diagnóstico dele não poderia ser mais negativo, na opinião dele a igreja católica estava se aproximando a passos largos para se tornar – preparem-se!- uma igreja evangélica.

A fila andou no Vaticano. Quem vai sentir falta do Ratzinger?

Ele reclamava dos padres cantores, das música animadas demais, do dízimo que agora era mais incentivado, da promiscuidade de alguns fiéis e de outros pormenores da realidade católica. Ele era de fato um católico das antigas. Durante minha abturação ele citou alguns nomes de papáveis que o agradariam, entre eles o candidato negro e o Dom Odilo.

É óbvio, ele não terminou antes de falar que nenhum dos papáveis era sequer digno de beijar as sandalhas do João Paulo II. “Ah, o João Paulo sim, ele foi um ótimo papa!” dizia ele com um saudosismo indisfarçável. Depois ele falou de umas fofocas que ele sabia de alguns padres da cidade. O Dr. Paulo deve ter achado que eu era católico pelas minhas perguntas e pelo meu conhecimento sobre o conclave, nem sequer se perguntando se eu comungava da mesma fé dele.

Ao chegar em casa o papa já estava escolhido. Bastava descobrir quem era. Estava torcendo pro mais conservador que pudesse aparecer. Quem sabe o melhor não seria um primeiro papa negro ou o primeiro papa asiático. Uma coisa é certa, o papado não é um zoológico para que se festeje o primeiro isso ou o primeiro aquilo. O escolhido deve ser o mais apto, bem diferente da eleição para presidente de alguns países por aí.

A campanha de difamação já começou. Ele anda de metrô. E você?

Eu sei que a igreja católica tem uma importância enorme na cultura e na moral da sociedade ocidental e não me agraria ver um teólogo da libertação tomando conta de 1 bilhão de pessoas. Ao descobrir que o papa era argentino minha primeira reação foi de preconceito e nojo. Imaginei que ele levaria para o papado toda aquela marra e soberba característica dos nossos hermanos.

Fui surpreendido com a simpatia e humildade do papa Francisco. Ele nem parecia argentino, parecia, sei lá, uruguaio?

Depois veio a já conhecida campanha de difamação da esquerda. Se Joseph Ratzinger era nazista, agora Bertoglio era acusado de sequestro de crianças na época da ditadura argentina. Um delírio!

Antes da eleição nenhum especialista apontava Betoglio como favorito. Aliás, muitos deles diziam que o escolhido seria um “reformador” que viria a “modernizar a igreja”. Lembro que disseram o mesmo em 2005 e o resultado foi a eleição de Bento XVI, o rotweiller de deus.

Manifestantes da FEMEN com seu protesto desrespeitoso no vaticano no dia do conclave do papa. Isso que é tolerância?

Mais uma vez o recado não poderia ter sido mais claramente para aqueles que querem que a igreja católica se “modernize” para ficar mais igual ao mundo. Cabe agora saber se com a escolha de Bergoglio o mundo ficará mais igual a igreja.

Se Ratzinger fez parte da juventude hitlerista, a desculpa era que todos os jovens de sua época eram obrigados a fazer parte dessa força. Já Bertoglio, na juventude, teria feito parte de uma instituição militar direitista Guardia de Hierro, que não era obrigatória. Pronto, já tem até esquerdista se perguntando se o nome Franscisco é em homenagem a Francisco de Assis ou a Francisco Franco. Recalcados!

Minha mãe é evangélica pentecostal. Ela adorou o papa. “Ele parece bem melhor que o último”, disse ela ao ver pela tv. Logo reparei que esse papa teria em sua simpatia uma arma poderosa para a aproximação com outros credos. Dois dias depois voltei ao dentista para dar prosseguimento a um tratamento dentário que hoje sei que nunca vou poder concluir por motivos que não vem ao caso.

O Dr. Paulo estava sorrindo de orelha a orelha. Ele estava feliz, mas sem aquele entusiasmo que eu acreditei que ele teria. “Espero que ele faça um bom papado. Tem muito trabalho para ele fazer”, exclamou o Doutor. Enquanto ele fazia mais uma abturação ele continuou falando histórias sobre a igreja, o que foi um pouco desconfortável; uma vez que eu, com a boca aberta, não tinha nem como me comunicar com ele.

A eleição de chefe da igreja católica é interessante. O vencedor é eleito pelo VOTO. Em outras religiões o venceitos é eleito por leilão; em outras, por sorteio.

Ao sair dali, preferi omitir do Dr. Paulo que sou parente postiço de um ex-padre da teologia da libertação chamado Leonardo. Ele não precisava saber da minha vida. Aliás, antes de sair dali pensei se o Dr. Paulo deveria fazer igual ao Joseph Ratzinger e se aposentar para ser substituído por um dentista mais carismático.

Vai ver ele ia acabar sendo substituído por um argentino. Nem pensar! Com certeza ia custar mais de 30 reias.

Um comentário

  1. eu nos utimos tempos so ouvi fala desse tal papa framssisco entao nao qero ofender mais eu ja cansei é papa pra ca papa pra lá chega eu tenho o direito de expressar a minha opinião ufa to bm mais aliviada thal papa te adoro nao muito ass:qero te chupa

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s