PARTE 2: Em entrevista, ex-participante do teste revela os bastidores do Teste de Fidelidade.

O teste de fidelidade foi uma maneira barata do aparesentador e humorista João Kleber conseguir colocar pornografia na grade da Rede TV, com participantes que se intitulavam “atores e atrizes” ele construiu um quadro que não passava de um teatrinho de softporn. O teste de fidelidade se passava as segundas-feiras mais ou menos meia-noite e era o quadro campeão de audiência do Programa de João Kléber.

O “Teste de fidelidade” teria um ator (atriz) assumido e alguns “embutidos”. O namorado (a) ou marido (mulher) manda o ator (atriz) testar seu companheiro (a). A atuação precária e os comentários da platéia deixavam clara toda encenação. Eram imagens fortes e sensuais que se fossem, de fato, reais, levariam o responsável pelo programa a uma infinidade de processos, já que os supostos “testados” passam por humilhações e grande exposição de seus corpos.

João Kléber apresentava o programa de uma forma insuportável. A todo o momento o apresentador interrompia o quadro de forma totalmente sensacionalista com seu famoso bordão “PARAAA”. Infelizmente o quadro era paralizado, mas a baixaria só aumentava. João Kleber também fazia perguntas inconvenientes aos “maridos traídos” durante o passar do teste para tentar deixá-los ainda mais exaltados.

teste de fidelidade
Que tipo de pessoa vai recorrer ao João Kléber para descobrir se sua mulher é fiel ou não?

A melhor parte do programa era quando o marido traidor aparecia com um buque de flores implorando o perdão para a muher que acabou de ver que foi traída. Outra parte polêmica era quando o marido traído ia tirar satisfação com o Oliver(o ator que seduzia as mulheres). Geralmente o Oliver e o marido traído brigavam e o Oliver vencia dizendo que a mulher não valia nada e que na verdade ele tinha feito um favor pro marido traído. Oliver sempre dizia que era um ator e que apenas estava fazendo o seu trabalho, isso que é profissionalismo.

oliver vereador
Fidelidade total a você?

Em suma, o teste de fidelidade era uma mistura de pegadinha e de pornografia para adultos. Mas algo além do baixíssimo nível do quadro, ele sempre me intrigou e gera respostas até hoje. “Teste de fidelidade” era uma armação tão mal armada que é difícil aceitar que alguém acreditasse naquilo. Então, algumas perguntas sempre pairaram no ar:

1-As pessoas que assistiam criam no que viam?

A-Em resposta positiva: o que as faziam acreditar? Será que elas queriam acreditar que todas aquelas situações eram reais?

B-Em resposta negativa: por que assistiam se sabiam que é mentira? Será que na época não existia pornografia?

A qualidade e as situações que eram contadas no quadro eram tão surreais que todos na época suspeitavam que se tratava de um quadro armado. Que homem vai testar a fidelidade da mulher num programa de televisão? Que homem emprestaria a sua imagem e a da sua mulher para um programa tão baixo para depois ficar conhecido como corno em Vale tudo pela audiência?Inclusive enganar os telespectadores?

“Bruna Ferraz revelou que o famoso e polêmico ”Teste de fidelidade” exibido pela Redetv no ano de 1999 à 2001, no programa de João Kléber era tudo armação“.

Muitos dos atores que faziam o quadro Teste de Fidelidade se tornaram atores pornôs e foram contratados pela produtora Brasileirinhas, entre esses atores estavam Oliver, Bruna Ferraz e Marcia Imperator. Bruna Ferrari ,uma das atrizes que fazia parte do programa e também é atriz pornô, foi a entrevistada do programa ”Agora é tarde” da Band e revelou o que todos imaginavam, porém ninguém nunca confirmou o fato. Bruna Ferrari revelou que o famoso e polêmico ”Teste de fidelidade” exibido pela Redetv no ano de 1999 à 2001, no programa de João Kléber era tudo armação.

João Kléber também foi entrevistado por Danilo Gentili em outra ocasião e, quando foi questionado sobre a veracidade do quadro, não negou nem confirmou. O mais interessante é que na época que o programa estava no João Kleber jurava que era praticamente um reality show. No final das contas, o próprio João Kléber foi vítima de um teste de fidelidade, mas infelizmente o teste de fidelidade de que ele foi vítima não foi combinado, mas bastante real. Um dos atores que fazia o teste de fidelidade seduziu a mulher de João Kleber e dizem que até moraram juntos durante um tempo.

Sem saída e sem credibilidade, só restou a João Kléber cruzar o Atlântico e fazer o teste de fidelidade em Portugal. Dizem até que Kleber deseja voltar a fazer o “Teste de Fidelidade”, mas hoje em dia a pornografia já está tão difundida que não existe mais necessidade de explorar a sensualidade nos horarios noturnos da televisão.

É bom deixar claro que o ator Oliver garante que todas as suas participações no programa não foram combinadas e que ele só não teria conseguido seduzir as testadas apenas duas vezes. Oliver afirma que teve de deixar o programa porque as mulheres testadas já estavam sempre o reconhecendo pelo fato dele ter ficado muito famoso. Oliver depois fez filmes pornôs pela produtora Brasileirinhas e se candidatou sem sucesso ao cargo de vereador em São Paulo. Mas não foi dessa vez que o povo deu um voto de confiança àquele que testava a fidelidade dos outros.

joao kleber
João Kleber foi traído pelo próprio ator que fazia o teste de fidelidade

Como é que pode alguém forçar uma situação tão constrangedora apenas para ganhar ibope? Como é que pode alguém enganar o povo e em troca ganhar sua audiência? Como é que pode o povo se prestar a essa situação de assistir um programa tão baixo? Como é que pode alguém querer lucrar com um programa que exalta tanto a cultura inútil?

O próprio teste de fidelidade não passava no teste da qualidade, no teste da decência e no teste da honestidade. O “Teste de Fidelidade” não era nada mais nada menos que um teste de engano, de mentira e de  maucaratismo. As pessoas achavam que iam ligar a televisão para ver alguém ser traído quando na verdade eram eles mesmos que estavam sendo traídos por um programa baixo que traía todos os padrões de qualidade da tv brasileira.

Uma sugestão para João Kleber seria que ele não voltasse com o “Teste de Fidelidade”, ao invés disso ele deveria fazer um teste de credibilidade.


Saga da Fidelidade:

1- Fiz uma matéria apontando as incongruências do Teste.

2- Através de meu apurado faro jornalístico, consegui entrar em contato e entrevistar uma ex-participante do Teste de 2005.

3- Apontei as 10 consequências que o Teste acarretaria se fosse real.

4- Apontei 10 motivos para não assistir o Teste de Fidelidade.

5- Mostrei que o mesmo casal do Teste apareceu no Ratinho.

6- Entrevistei a mulher que apareceu no Ratinho e no Teste.

7- Mostrei que a sedutora Cris Lopes confessou que o Teste antigo era combinado.

8- Mostrei que programa de João Kléber na manhã, o Você na Tv, assim como o Teste de Fidelidade, também usaria atores.

 

Anúncios