EUVÍ: Quem ganhou as eleições de segundo turno no Rio de Janeiro (Cabral, Lindberg ou Garotinho)


A vitória esmagadora de Eduardo Paes significaria uma vitória CABAL do grupo do PMDB de Cabral, certo?

ERRADO

Apesar da enorme votação que o PMDB obteve na cidade do Rio de Janeiro, o que vimos foi um enfraquecimento do grupo governista nas eleições a prefeito no estado do Rio de Janeiro.

Como podemos observar, os partidos da base oposicionista(PR e DEM) viram suas prefeituras se multiplicarem, enquanto o PMDB venceu a jóia da coroa, que é a cidade do Rio, e perdeu em várias cidades periféricas.

Pelo fato de ter vencido na cidade do Rio, o PMDB se consolidou como o partido que governará o maior número de habitantes, seguido pelo oposicionista PR.

O segundo turno mostrou a força dos partidos de oposição no Rio, apesar de um desempenho forte da máquina estadual do PMDB.


São Gonçalo

Em São Gonçalo, segundo maior colégio eleitoral do estado do Rio de Janeiro aconteceu a eleição mais importante do segundo turno. A cidade viu a vitória do deputado Neilton Mulim do PR contra tudo e contra todos. Adolfo Konder do PDT foi derrotado mesmo tendo vencido a eleição em primeiro turno e tendo vários fatores que o beneficiariam.

Apoiaram Adolfo Konder o ex-presidente Lula, a presidente Dilma, o prefeito Eduardo Paes, o governador Sérgio Cabral, o senador Marcelo Crivella, Picciani, o Senador Lindberg, a ex-prefeita Aparecida Panisset e até o irmão do ilustre pastor de Silas Malafaia, Samuel Malafaia. Já o apoio de Neilton Mulim se consistiu no apoio que recebeu do ex-governador Anthony Garotinho.

Garotinho, sabendo da importancia política da cidade, só faltou se mudar pra São Gonçalo, onde o segundo turno poderia mostrar se ainda possuia força política depois de tantos anos de ostracismo.

A campanha de Adolfo Konder teve muito mais recursos e especialmente suas inserções de tv eram visivelmente mais bem produzidas. Um fator que parece ter sido fundamental em São Gonçalo foi o boato que Konder teria morado muito tempo fora da cidade e teria transferido o título para a cidade somente para concorrer a prefeito.

A eleição possuiu as mais comuns artimanhas que ja estamos acostumados a ver e mesmo contra as pesquisas, Neilton Mulim venceu tendo saído dos 25% no primeiro turno para 54% no segundo.

Nova Iguaçu

Nova Iguaçu foi o palco da maior vitória do PMDB no segundo turno, Nelson Bonier do PMDB venceu a prefeita Sheila Gama do PDT. A derrota de Sheila Gama foi a maior derrota política que Lindberg Farias do PT poderia ter. Sua ex-vice foi amargamente derrotada pelo candidato do PMDB de Sérgio Cabral. Bonier, apesar de ter um vice do PR, não recebeu o apoio de Garotinho, que foi para Sheila Gama.

Duque de Caxias

Duque de Caxias foi uma derrota amarga para o PMDB, mesmo com o esforço da máquina estadual, Washinton Reis do PMDB perdeu apesar do apoio de Cabral e Paes.
Alexandre Cardoso do PSB, apoiado por Lindberg, não encontrou dificuldades de vencer uma eleição contra não um, mas dois ex-prefeitos da cidade. A eleição de Alexandre Cardoso foi a vitória da mudança. O medo da derrota foi tanto que Cabral chegou a levar o vice-presidente Michel Temer para a campanha de seu candidato, o ex-prefeito Washington Reis (PMDB).

Petrópolis

Outra derrota para Cabral foi em Petrópolis, em que retorna à prefeitura o socialista Rubem Bomtempo do PSB que travou ferrenha disputa com o peemedebista Bernardo Rossi. Bomtempo contou com o apoio de Lindberg e Garotinho, e no final das contas, terminou com 56,05% contra 43,95% de Rossi. Lá mais uma vez se empenharam Cabral e o presidente do PMDB, Jorge Picciani, a favor de Rossi, porém a disputa ali ainda pode não ter chegado ao fim, devido a processos pendentes de serem resolvidos na Justiça Eleitoral.

Volta Redonda

Uma eleição especial devido a proximidade de Volta Redondo com Barra do Piraí, o curral político do vice-governador Pezão. Uma derrota do PMDB poderia significar um fracasso numa região que poderia ser alvo da influência do grupo oposicionista em 2014. Garotinho apoiou Zoinho do PR e Cabral apoiou Jorge Oliveira do PMDB. O esforço de Garotinho em tentar destronar os rivais foi em vão e Cabral pode se gabar que em pelo menos uma cidade conseguiu frustrar os planos da oposiçao nesse segundo turno.

Niterói

Em Nikiti, ambos os candidatos eram ex-secretários de Sérgio Cabral e depois de uma eleição cheia de pesquisas mal feitas, Neves do PT obteve 52,55% contra 47,45% de Felipe Peixoto do PDT, na verdade, essa única vitória do PT no segundo turno do Rio pode signicar uma vitória futura de Lindberg.

Belford Roxo

Por fim, em Belford Roxo, o comunista Dennis Dauttmam (PC do B) conquistou 61,46% dos votos contra o deputado estadual Waguinho, que se limitou a conquistar nas urnas 38,54% de todos os votos. Waguinho recebeu o apoio de Anthony Garotinho e Dauttmam foi apoiado por Lindberg.

PANORAMA

O panorama foi animador para a oposição no Rio de Janeiro e além do mais, a coligação de 20 partidos que Cabral possui pode facilmente ser desfeita caso o atual senador Lindberg Farias do PT. Como podemos ver, as principais cidades que decidirão a eleição são:

Estado do Rio de Janeiro: 12 milhões de eleitores

Rio de Janeiro: 4,7 milhões de eleitores

São Gonçalo: 665 mil eleitores
Nova Iguaçu: 561 mil eleitores
Niterói: 382 mil eleitores
Duque de Caxias:607 mil eleitores
Petrópolis: 241 mil eleitores
Campos: 344 mil eleitores
Volta Redonda: 216 mil eleitores
São João do Meriti: 357 mil eleitores
Belford Roxo: 314 mil eleitores

Como podemos ver o grupo de Garotinho deteve as prefeituras de Campos e São Gonçalo; o grupo de Cabral conquistou o Rio de Janeiro, Volta Redonda e Nova Iguaçu e nas outras cidades Lindberg Farias pode tentar compor com o restante dos prefeitos eleitos.

Portanto, podemos prever uma eleição bastante emocionante em 2014, com 3 candidatos fortes que se mostrarão capazes de disputar voto nas mais diferentes zonas do estado. Se Lula conseguiu transferir votos para Dilma, veremos se Cabral conseguirá transferir votos para o Pezão. Veremos se Garotinho mostrará força no interior e na baixada, e por fim veremos se Lindberg terá articulação para poder cooptar partidos da base de Cabral para então se tornar um candidato promissor.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s