EUVÍ: Scarface (1983)


Certa vez estava escutando umas músicas, adoro compactos de sucessos dos anos 80, sempre conclui que os anos 80 como dérada era uma época ótima, ou seja, NÃO ERA UMA DROGA, essa é exatamente a noção a ser pervertida pelo cultuado SCARFACE(1983), que os ANOS 80 ERAM UMA DROGA!

Os anos 80 no cinema são conhecidos por serem uma época politicamente incorreta.

Existem filmes que são obras de arte e filmes que são puro alimento para a cultura pop, SCARFACE não é uma obra de arte.

Durante cerca de 2 horas o telespectador acompanha a trajetória alucinante de um imigrante cubano chamado Tony Montano, galhofamente interpretado por Al Pacino.

A trilha sonora DISCO é extremamente datada e marca o filme do início ao fim.

O filme é um remake do homônimo da década de 30, que focava na carreira de um bandido italiano, Brian de Palma, o diretor preferiu mudar a nacionalidade do protagonista da Itália para Cuba e a cidade de Nova Iorque para Miami.

A HISTÓRIA:

Sol, praia, mulheres, drogas, crimes, assassinatos, danceterias: esse é o plano de fundo da Miami dos anos 80.

Tony Montana, vulgo SCARFACE, é um cubano muito machão que tem uma cicatriz enorme na cara, o que o torna um cara ainda mais ameaçador.

Tony é um marginal cubano que é deportado da ilha de Fidel Castro como preso político e então vira um imigrante com sotaque carregado.

Daí em diante ele se envolve no mercado de venda de drogas. Vai parar numa negociação num apartamento onde quase é morto numa banheira por uma moto serra.

Daí vai a Colombia conhecer os fornecedores do Cartel de Cali, fica amigo deles, seu parceiro de viagem é morto por eles.

Se apaixona pela mulher do seu chefe americano, este tenta matá-lo, fracassa, Tony não só faz ele virar presunto como toma seu posto no comando do tráfico em Miami e se  casa com a mulher do seu ex-chefe(Michelle Pfeiffer).

O problema é que Tony Montana é um típico caso de uma mente PO**A LOUCA.

Ele nutre uma doentia atração POR SUA PRÓPRIA IRMÃ!

Daí ele começa a comprar tudo o que vê pela frente e a viver uma vida de ostentação.

Tudo desaba quando é chamado pelo Cartel de Cali para matar algumas testemunhas que iriam depor e colocariam tudo a perder.

O problema é que haviam crianças entre as testemunhas, e como ele mesmo diz:”Tony Montana não mata crianças!”

Esse é um ponto interessante a ser analisado, Tony tem seu próprio código de conduta, mata, se droga, rouba, e etc.Mas JAMAIS mataria uma criança, tal princípio conduziria-o a um problema.

Podemos chamar Montana de mal? O que é mal afinal? Isto é relativo. O que é mal pra mim simplesmente pode não ser mal pra você. Pra mim Montana é bom, só que do jeito dele. Do mesmo jeito que Alexandre Frota é macho, só que do jeito dele.

Pra ele, ele é tão macho mas tão macho que transa até com homem. Viu como é tudo uma questão de ponto de vista, podemos relativizar a bondade de Tony Montana e a masculinidade de Alexandre Frota. Arrisco a dizer que Tony Montana é o Alexandre Frota dos personagens dos anos 80.

Tony Montana se recusa a matar as testemunhas e num momento de total descontrole o pobre desequilibrado mata o assassino contratado para efetuar o serviço. Feito isto, todos os chefões do Cartel declaram guerra a Montana, que não se intimida.

Nesse ponto ele descobre que seu melhor amigo estava “ficando” com sua irmã. Este fato mais do que suficiente para que Montana olhasse para a cara daquele que foi seu ombro amigo, aquele que sempre lhe estendeu a mão e nunca lhe abandonou, e o matasse. É isso mesmo ele mata o amigo porque ele tem um ciúme doentio da própria irmã.

Ele nem tenta esconder o corpo, sai como se nada tivesse acontecido.

Ao voltar pra casa, e um pequeno exército a mando do Cartel chega em sua mansão para mandá-lo pra outro mundo, o que seria difícil, uma vez que Montana é um cara muito, muito durão.

Ao ver seus asseclas perecerem perante a fúria dos assasssinos do Cartel, Montana decide se drogar e pegar sua sub-metralhadora e resolver tudo sozinho.

Após matar algumas dezenas de capangas,Montana que ja havia tomado umas meia dúzia de tiros e nada tinha sofrido é surpreendido por um tiro que atravessa seu corpo e faz um buraco do tamanho de uma melancia na sua barriga.

Um tiro desses seria capaz de matar qualquer homem vivo , aliás, acho que mataria até um elefante, qualquer animal pra ser mais preciso, até um dinossauro. Mas JAMAIS mataria um homem da MACHEZA de Tony Montana!

Por incrível que pareça Montana cai no chão.

Montana não levanta.

O filme acaba.

Engraçado, no final do filme a impressão de que o crime não compensa se sobressai.

Será que valeu a pena todo o esforço de Montana?

O que aconteceu com seus carros, seus bens e suas coisas?

O mundo é um lugar pior sem ele?

Será que existe um Tony Montana escondido dentro de todos nós?

E se Montana tivesse tido uma melhor educação, será que ele teria sido criminoso?

Afinal, quem matou Tony Montana, as balas ou foram todos nós por não ter oferecido a ele condições dignas de existência? Montana foi pro céu?

Como ele conseguiu cicatriz?

Se ele fosse vivo, você seria amigo dele no orkut ou seguiria ele no twitter?

Algumas dessas questões seguem sem resposta.

Engraçado imaginar que esse filme jamais seria lançado hoje, se fosse é bem provável que seria estrelado por Robert Pattinson, ele ele seria ambientado em algum lugar escuro onde ele seria um imigrante vampiro que traficaria alguma coisa, morreria quando fosse pro sol e viraria porpurina, tudo é claro, ao som de Justin Bieber e Lady Gaga.

Pra quem tem curiosidade aqui está o resumo do filme, que transpassa todo o filme pelos palavrões que Montana diz:

2 comentários Adicione o seu

  1. ryo disse:

    huahuah eu ri muito em algumas parte

    muito WTF a comparação com o alexandre forta😄

    e é claro que eu seguiria o Montana no twitter😀

    Curtir

  2. Irmão do Slartibartfast disse:

    Adorei o site! Ganhou mais um leitor!

    Curtir

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s