bs-ed-kal-death-penalty-20130317

10 motivos para ser a favor da Pena de Morte


Pessoalmente, sou contrário a pena de morte. No entanto, esse blog – diferente da mídia manipuladora –  não tem a finalidade de doutrinar ninguém a pensar o que quero. O meu único objetivo é fazer as pessoas pensarem e usarem argumentos. Sendo assim, fica aqui alguns argumentos usados para quem defende a pena de morte para assassinos, corruptos, estupradores e etc.

 

10 motivos para ser a favor da pena de morte

1- A pena de morte garante que um criminoso não cometerá mais crimes. Todos sabemos que o regime prisional não recupera ou ressocializa ninguém.

Obs: Se não fosse o trabalho de algumas missões religiosas nas cadeias, poderíamos garantir que ninguém sairia dali melhor do que entrou.

Para que alimentar um sistema que não cumpre sua função? Todos sabemos que é muito mais fácil cometer um crime depois que você já fez pela primeira vez. Logo, ao colocarmos assassinos e bandidos com chances de cumprir suas penas, estamos colocando em risco a vida daqueles com quem eles conviverão na cadeia e fora dela, se de lá sairem.

A regra é dura, mas infelizmente é essa: uma vez bandido, sempre bandido. É muito difícil regenerar uma pessoa que não quer se regenerar.

Ao tolerar a existência desses criminosos, estaremos apenas, na prática, tolerando a perpetuação de seus atos criminosos.

2- Esses bandidos matam, estupram, torturam, roubam e traficam. Depois vão ficar sem trabalhar nas prisões comendo comida às nossas custas e reclamando que as condições são precárias.

Bandido não tem direito a reclamar de nada! Eles negam os direitos humanos dos outros, não podem reclamar quando os direitos deles são negados. Aliás, os bandidos nas prisões são tratados com muito mais respeito do que tratam sua vítimas, nós, os trabalhadores.

3- A pena de morte pode ser cara, mas muito mais cara do que ela são as consequências dos crimes desses bandidos. Quanto custa uma vida? Quanto custa para a sociedade colocar um bandido na rua oferecendo perigo a vida e ao patrimônio dos cidadãos de bem?

4- A pena de morte ajudaria a reduzir a lotação dos presídios, dando assim lugar a quem realmente pode ser recuperado. Hoje, presos comuns ficam lado a lado com criminosos perigosos, trazendo perigo e más influências a eles.

5- Esses falsos defensores dos direitos humanos vivem dizendo que quem ia morrer ia ser só pobre e negro, como se isso fosse um impedimento cabal para a instituição da pena de morte.

Para a pena de morte, não importa se o criminoso é branco ou negro, rico ou pobre. O que importa é que ele é culpado! Ninguém pode ser racista a ponto de ser contra morte de um fascínora apenas porque ele é negro.

Ninguém pode ser classista a ponto de ser contra a justiça contra um monstro porque ele nasceu pobre. O que interessa é que a imensa maioria dos pobres são honestos e nem conseguem conceber atuar num crime hediondo.

A pessoa que ingressa no crime faz uma opção, colocando em risco a vida e o patrimônio de inocentes. Por que o criminoso não pode ter sua vida responsabilizada pelos seus atos se a vida de inocentes já são responsabilizadas pelos atos deles?

Tem outra coisa. Essa coisa de socialização da culpa é uma imensa cretinice. A culpa é individual. A sociedade não pode se considerar culpada pelos atos que indivíduos fazem contra ela quando desobedecem suas leis.

Esses defensores dos direitos humanos são uns hipócritas. Eles defendem a vida dos bandidos, mas quase que todos dizem que a vida de um feto não deve ser protegida. Logo, o que são na verdade não é defender os direitos humanos, mas os direitos dos animais.

6- Crimes hediondos não se relacionam com a pobreza, a dome, a legítima defesa, a carência material ou a falta de educação. Esses crimes são relacionados a perversidade e ao desprezo a vida alheia. Nada justifica um crime hediondo. Logo, se esses monstros negam a humanidade de suas vítimas, não há razão para continuarmos os tratando como humanos.

Todos sabemos que existem pessoas que sofrem de distúrbios mentais incuráveis, que fazem com que a pessoa não veja diferença se suas vítimas sofrem ou não. Esses psicopatas são incapazes de sentirem pena de outras pessoas ou sentir remorso pelo que cometem. Logo, eles sempre irão reincidir se tiverem chance. Se uma avaliação psicológica profissional e compravadamente verídica verificar a incapacidade de ressocialização, não há motivo para manter esses monstros vivos no sistema prisional.

7- Todas as sociedades avançadas da antiguidade matavam seus marginais. Nenhuma sociedade pode prosperar alimentando fascínoras enquanto deixa o povo morrer de fome.

A verdade é que se os povos antigos fossem tolerantes com a bandidagem, nunca teríamos chegado onde chegamos. A justiça deve ser feita e se esquivar dela é dar um salto para a impunidade.

Os Estados Unidos e o Japão, grandes democracias, permitem a pena de morte. Será que esses países são menos defensores dos direitos humanos que o Brasil?

8- Muitos bandidos começariam a pensar duas vezes antes de cometer certos crimes. Pode não parecer, mas muitos marginais mensuram os riscos quando planejam suas atividades. Prova disso é que sempre trazem consigo um bucha, menor de idade inimputável, para tomar a culpa pelos seus atos.

A pena de morte ajudaria a conter o maior componente da nossa criminalidade: a impunidade. A partir do momento em que os criminosos vissem seus colegas torrarem na cadeira elétrica, passariam a ter mais receio de cometer certos crimes e passariam a cometer delitos mais leves.

9- Retribuição. O criminoso pagaria na própria pele pelo que fez a inocentes. Sentiria a mesma dor que provocou a vítima e sua família. Perceberia que não é deus para decidir sobre o destino de inocentes e que ele não é melhor do que ninguém.

Além do mais, para aqueles que creem no pós-vida, não podemos deixar que um bárbaro morra sem que tenhamos a chance de lhe dar aqui nesse mundo um julgamento justo e uma sentença proporcional a consequência de seus atos.

10- Não se trata de vingança, se trata de justiça. Apenas a morte do marginal pode dar a família da vítima o consolo que a morte de seu filho não ficou sem a devida punição. Apenas a morte do bandido pode amenizar um pouco a dor de uma família, que não deseja que outros sofram o que estão sofrendo.

Uma sociedade que premia seus marginais com a vida e permite que seus inocentes morram fomenta a injustiça e perpetua a impunidade.

 

http://acidblacknerd.wordpress.com/2013/05/02/pena-de-morte-10-motivos-para-ser-contra-10-motivos-para-ser-a-favor/

About these ads

91 comentários em “10 motivos para ser a favor da Pena de Morte

  1. You actually make it seem so easy with your presentation but I find this matter to be actually something that I think I would never understand. It seems too complicated and very broad for me. I’m looking forward for your next post, I will try to get the hang of it!

  2. Hey there! Someone in my Facebook group shared this website with us so I came to check it out. I’m definitely loving the information. I’m bookmarking and will be tweeting this to my followers! Exceptional blog and outstanding design and style.

  3. Pingback: 10 motivos para ser contra a pena de morte | ACID BLACK NERD

  4. Pingback: Comentário da semana: Por favor, não mintam nos comentários | ACID BLACK NERD

  5. I just want to tell you that I am just new to blogs and really enjoyed your website. Almost certainly I’m likely to bookmark your website . You actually have awesome stories. Appreciate it for revealing your web site.

  6. Quem mata deve morrer.Quem mata ten que sentir a mesma dor do que ele fez o outro sentir…

    • a pessoa pode até ter errado mais tds somos humanos n é porque ela errou que ela merece ter a sua vida retirada…n temos o direito de retirar a vida de ninguém

      • quem comete crimes tem que pagar com a vida e tem que morrer da mesma maneira que matou so assim saberemos que ouve justiça pena de morte jaaaaaaa

      • Errar é quando eu faço cálculos equivocados no orçamento de casa. Tirar uma vida para subtrair-lhe algum bem material, não é erro, é crime, e deve ser punido com a mesma moeda. Bandido só valoriza a sua própria vida e a de mais ninguém.

      • 9- Retribuição. O criminoso pagaria na própria pele pelo que fez a inocentes. Sentiria a mesma dor que provocou a vítima e sua família. Perceberia que não é deus para decidir sobre o destino de inocentes e que ele não é melhor do que ninguém.

        Além do mais, para aqueles que creem no pós-vida, não podemos deixar que um bárbaro morra sem que tenhamos a chance de lhe dar aqui nesse mundo um julgamento justo e uma sentença proporcional a consequência de seus atos.

    • Ouço muito a resposta de “olho por olho, dente por dente.” Mas também á que lembrar que “olho por olho e o mundo fica cego.” Eu pessoalmente não sou a favor nem contra. O castigo que tiver é o castigo que terá, se for condenado á pena de morte, que seja. Mas que não se use sempre o argumento que se matou merece morrer.

      • Nenhum de nós tem direito de tirar de outro indivíduo. Um criminoso não tem direito algum de matar alguém, assim como ninguém tem direito de tirar a vida dele. Reformulando meu posicionamento, apenas Deus. Ele é o único que pode nos julgar em relação o direito a vida, isso para quem acredita em Deus; para quem não acredita – não vamos discutir a questão religiosa – não há ninguém fisicamente e metafisicamente capaz de julgar se alguém merece ou não viver.
        Há pessoas realmente perigosas e que talvez não sejam capazes de alterar o comportamento. Há outras que mesmo alterando o comportamento, serão condenadas sempre, já que o arrependimento não leva à ressureição da vítima. Para esses casos, EU ACHO que o ideal seria a prisão perpétua. Assim, ele continuaria vivendo, mas sem liberdade. Não pensando na questão de existir inferno ou paraíso, restringir uma pessoa dentro de poucos metros quadrados e com direitos limitadíssimos, seria pior que tirar-lhe a vida. Lei de Talião? “No”.
        Basicamente é isso o que eu acho, mas ainda há mais cousas nos compartimentos do meu cérebro sobre isso. Esse realmente é um assunto complexo, que sempre gerou e gerará extremos opinativos.

      • “Eu acredito em Deus. Sou católico. Mas é coisa rara ir à Igreja. Eu já li a Bíblia inteirinha, com atenção. Levei uns sete anos para ler. Você tem bons exemplos ali. Está escrito: A árvore que não der frutos, deve ser cortada e lançada ao fogo. Eu sou favorável à pena de morte.”

      • eu li a biblia em 3 meses e não creio que essa seja uma discussão deve ser resolvida pelo prisma religioso. Pessoalmente, sou contra,mas por outros motivos, já elencados em posts aqui do blog.

      • Pagar o mal com o mal não é coisa boa,isto é pagar na mesma moeda e em parte é uma vingança, se pesarmos assim nós também não merecemos perdão e nem desculpas, tem que haver uma punição sim, e existem várias forma de punir sem lhes tirar á vida.

      • Se eles não tem o direito de tirar a vida de NINGUÉM pq teríamos ?. Não sou a favor da pena de morte, mas sim que um bandido pague pelo que fez, perdendo o direito da liberdade, se um bandido realmente cumprisse numa prisão os anos que lhe fora imposto, teria sim medo de uma prisão e, talvez não se apegaria ao fato de que ”daqui a 9 meses” estaria solto de novo, porém isso já é uma pendência do Brasil.

      • Sou a favor da pena de morte, exceto quando a família da vitima perdoar o “monstro” ou quando um destes defensores dos direitos “humanos” decidir ficar com o “monstro” aprisionado perpetuamente em sua casa.

      • Ouço muito a resposta de “olho por olho, dente por dente.” Mas também á que lembrar que “olho por olho e o mundo fica cego.” Eu pessoalmente não sou a favor nem contra. O castigo que tiver é o castigo que terá, se for condenado á pena de morte, que seja. Mas que não se use sempre o argumento que se matou merece morrer.

      • Queria só ver se fosse alguém da sua família ou até mesmo vc que fizesse alguma ilegalidade,vc estaría falando algo como isso.Isso sou simplesmente como hipocrisia da sua parte e de tds os imbecis que apoiam essa droga de pena de morte.Só Deus pode se valer de tirar a vida de qualquer ser.

      • Você disse Deus, mas se esqueceu dos bandidos que também acham que tem este direito, a grande questão é o Brasil esta virando um pais impune, o perigo disso é a complexidade que vai envolver criminosos e cidadãos, os crimes começaram,a ficar mais audaciosos, a chegar ao ponto que andar na rua não será mais possível, a impunidade vai trazer um descontrole generalizado, e como sua casa por exemplo existem regras e punições, no trabalho a mesmo coisa se não tudo foge do controle, veja o Militarismo Brasileiro adota a pena de morte, detalhe para cidadãos como eu e você, infelizmente o Brasil esta invertido, e sobre os Direitos Humanos é hipocrisia deles, eles sustentam um sistema que ganha maior capital por defender certas pessoas, todo crime teria que ter sua escala sendo com qualquer idade, mas crimes pesados não tem solução a vitima um dia pode ser você ou eu, qualquer um porque eles não tem mais medo da justiça.

    • A PENA DE MORTE É JUSTIÇA NA MINHA OPINIÃO, MAS É PRECISO CRIAR LEIS PARA PENA DE MORTE POR EXEMPLO; DAR CHANCES AO CRIMINOSO, LADRÃO E ESTRUPADOR SABENDO QUE ELES NÃO DÃO CHANCES PARA GENTE.
      EXEMPLO DE LEI; COMETEU UM CRIME, COMETEU SEGUNDO CRIME, CUMPRE A PENA E SÃO LIBERADOS, MAS SE RETORNAR A PENITENCIARIA, O CRIMINOSO COM MAIS UM CRIME SENDO; ROUBO, HOMICIDIO, ESTRUPO, NÃO IMPORTA O CRIME NÃO TEM MAIS CHANCES, TERÁ QUE MORRER CONFORME A LEI DA PENA DE MORTE.
      PORQUE O SENHOR É BOM MAS ELE TAMBÉM É JUSTIÇA, DEVIAMOS TOMAR ESSE EXEMPLO DO SENHOR SE BOM MAS TAMBÉM SE JUSTIÇA.
      PODEMOS VER NESSA SIMPLES FRASE, JESUS ENSINANDO SEU DICIPULO SE COM FERRO FERIR, TAMBÉM SERÁ FERIDO.
      QUANDO OS ROMANOS VIERAM PRENDER JESUS CRISTO, PEDRO DESENBANHOU A ESPADA E CORTOU A ORELHA DO ROMANO, JESUS PEGANDO A ORELHA DO SOLDADO COLOCOU NO LUGAR DE VOLTA E DISSE A PEDRO COM FERRO QUE FERIR SERÁ FERIDO.
      VAMOS ALERTAR OS CRIMINOSOS BRASIL!!!!!

  7. sou a favor da pena de morte porque so assim acabaria com tanta maldade os trabalhares vivem presos em sua casas em quanto os caras maus vivem livremente

    • Meu caro tem várias formas de punir um criminoso que não seja a pena de morte, nestas condições porque eu acho, eu penso, na minha opinião…., no meu ponto de vista, Não pode ser tratado um assunto tão sério, é a verdade e o que é certo que tem que prevalecer, devemos prestar atenção no que fazemos.

  8. E POR CAUSA DE GENTE COMO VOCE QUE FICA DEFENDENDO ESSES TRANQUEIRAS COM ESSA CONRVERSA DE DIREITOS HUMANOS E QUE ELES ESTAO SE CRIANDO!!! CERTO LUZIA

    • Ouço muito a resposta de “olho por olho, dente por dente.” Mas também á que lembrar que “olho por olho e o mundo fica cego.” Eu pessoalmente não sou a favor nem contra. O castigo que tiver é o castigo que terá, se for condenado á pena de morte, que seja. Mas que não se use sempre o argumento que se matou merece morrer.

  9. “Todo mundo merece uma segunda chance”. Realmente, eu acredito nisso. Todo mundo tem direito ao perdão, mas não é desculpa pra se deixar de fazer justiça.

    Além do mais, supondo que o homicida se arrependa do que fez mais tarde, será que isso não ficará lhe pesando na mente, pelo resto da vida? Ainda mais se for uma pessoa inocente que ele matou?

    Acredito que seja que nem no caso da pedofilia e no caso de estupros. Alguém ainda vai querer conviver com esse tipo de gente, mesmo que tenha sido preso, sei lá, por mais de dez anos?

    • Acho que deveria morrer todos os bandidos que cometem o ato de matar alguém, se fosse vc no lugar o teu filho que perdesse a vida até mesmo sua mãe o seu pai, acho que mudaria de ideia, pimenta no olho do outro é refresco, essa segunda chance só serve para ele cometer outro delito até mesmo tirar a vida de um inocente trabalhador que sustenta sua família com dignidade, sou a favor de quem tira a vida de alguém deveria ser morto, agora se for roubo cortasse a mão, se for estupro cortar …., pronto acabaria com roubo, estupro ou morte porque acabariam com a causa que ele comete esse tal crime, hoje em dia não podemos comprar algo bom que corremos o risco de ser morto e ainda pior não vemos a justiça sendo feito.

      • Ninguém tem o direito de tirar á vida de uma pessoa,ninguém é melhor do que ninguém,quem defende a pena de morte não é capaz de perdoar ou desculpar se esquece que pode precisar do perdão,são pessoas que não acreditam em uma nova chance, seja crente a Deus tem que saber ele não permite isso pois está escrito não matarás e para os que não acreditam em Deus,não tem uma religião saibam você não é melhor do o outro,vive por viver, neste assunto não cabe ponto de vista, porque eu penso, eu acho e etc e sim a verdade.

    • “O direito constitucional brasileiro aboliu a pena de morte e a democracia do revólver avocou-a para o seu uso.”
      ―Rui Barbosa

      • Hoje ele diria assim:democracia das metralhadoras e dos fuzis AR 15

      • você fala de Deus, deve conhecer a Bíblia e alguns livros de Moisés tem leis referentes para matar quem transgrediu a integridade de alguém. Outro episódio blblico quando o povo de Deus estava no deserto, vários tiveram q ser mortos por consequência de suas ações. Se vc estivesse lá repreenderia Moisés ou o próprio Deus! sua convicção seria boa se esses bandidos arrependessem de seus atos mais isso não acontece é só uma idéia q se cria em cima desse argumento, não tive algum familiar ou amigo morto brutalmente, mas existem várias familias q sofrem esse drama irreversível, e bandido tem alto custo mais do q qualquer outro brasileiro sustentado pela sociedade para fazer mal a sociedade!

        “Por boca de duas testemunhas, ou três testemunhas, será morto o que houver de morrer; por boca de uma só testemunha não morrerá.
        As mãos das testemunhas serão primeiro contra ele, para matá-lo; e depois as mãos de todo o povo; assim tirarás o mal do meio de ti.”

        Deuteronômio 17:6-7

  10. sou contra a pena de morte,,, e ninguêm consseguiu mudar meu geito de penssar,,, mas: o Brasil tém extrutura pra isso??! um país com tanta corrupção, onde muita gente rouba,desvia e nimguêm vai preso,,,, pra que pena de morte se ps corrúptos não pegam ném uma pena mímima????

  11. No maximo uma segunda chance, pra não dizerem que não teve 2a chance, mas se é reincidente, morte já, bandido bom é bandido morto e ponto, não tem outra…

    • Seria bom se um desses bandidos fossem seu pai,seu irmão,irmã,mãe,fiho(a),ou seja lá mais que membros existam em sua família que não lhe deu senso

      • Sua puta miseravel, se sua mãe arrancasse sua pele, fizesse bacon com ela e fizesse voce comer voce não iria defendera dessa forma!

    • O mal não se paga com o mal, isso mostra que você não é capaz de desculpar ou perdoar uma pessoa, ninguém é melhor do que ninguém.

  12. Com o sistema legal atualmente implantado no Brasil, só os cidadãos de bem é que estão perdendo. Você, cumpridor das leis, pagador de impostos e trabalhador, deveria andar despreocupado pelas ruas, sabendo que está em um ambiente seguro por onde quer que fosse, seja na cidade ou no campo. Infelizmente não é o que acontece. Estamos presos dentro de nossas casas, não podemos andar tranquilos pelas ruas, não sabemos como a nossa casa ficará na nossa ausência. Responda-me: você acha que toda esta impunidade está melhorando a sua vida?

    • Os bandidos precisam ser presos e não mortos, o problema é que o governo se preocupa mais em fazer mais estádios do que presídios, os presidiários não cumprem nem metade da sua pena, outros subornam as ”autoridades” nos presídios para terem privilégios, qual é o bandido que vai ter ”medo” de ser preso sabendo que lá na prisão ele pode assistir à sua LCD tranquilo ? E que bandido teria medo de ser preso sabendo que daqui a um aninho estará ” de volta a ativa” ? A impunidade começa daí, as leis impostas hoje em dia não são cumpridas, assim, como saberíamos se são eficacias ?. Ninguém tem direito de tirar a vida de ninguém.

      • “Cidadão de Bem” é um termo que me incomoda muito. O que torna um cidadão de bem? Pagar impostos? Ganhar dinheiro honestamente? Vale lembrar que há pessoas vivendo no fundo do poço da sociedade, que qualquer forma de ganhar um dinheiro extra é válido. Isso a torna um cidadão do mal? Tentando pagar as contas, sustentar a família, botar a comida na mesa todo dia, sendo que ela nunca machucou ninguém. Isso torna a pessoa não-do-bem? A sociedade está cada vez mais excluindo o fato de que o crime não vai ser combatido tentando punir alguém, punição só vai gerar revolta. E revolta por revolta, eu fico com cortar o mal pela raíz. Não são os criminosos de hoje que a gente tem que pegar, são os de amanhã. As chances de um homem entre 18-30 anos de morrer, são mais altas do que qualquer outro cidadão de outras idades, porque? Será coincidência esse ser exatamente o perfil dos criminosos? Esses um dia vão morrer, os que estão por vir devem ser cuidados, dando mais oportunidades para se tornarem “cidadãos do bem”. Não estou dizendo que não deve-se punir os criminosos de hoje em dia, punir sim, porém não matar, confinar esse ser humano em quatro paredes pra ele ter o tempo necessário pra pensar em tudo o que fez e dar uma chance de viver sua vida sem precisar castigá-lo, tirando-a hipocritamente, já que todos temos o direito de viver.

  13. Nenhum de nós tem direito de tirar de outro indivíduo. Um criminoso não tem direito algum de matar alguém, assim como ninguém tem direito de tirar a vida dele. Reformulando meu posicionamento, apenas Deus. Ele é o único que pode nos julgar em relação o direito a vida, isso para quem acredita em Deus; para quem não acredita – não vamos discutir a questão religiosa – não há ninguém fisicamente e metafisicamente capaz de julgar se alguém merece ou não viver.
    Há pessoas realmente perigosas e que talvez não sejam capazes de alterar o comportamento. Há outras que mesmo alterando o comportamento, serão condenadas sempre, já que o arrependimento não leva à ressureição da vítima. Para esses casos, EU ACHO que o ideal seria a prisão perpétua. Assim, ele continuaria vivendo, mas sem liberdade. Não pensando na questão de existir inferno ou paraíso, restringir uma pessoa dentro de poucos metros quadrados e com direitos limitadíssimos, seria pior que tirar-lhe a vida. Lei de Talião? “No”.
    Basicamente é isso o que eu acho, mas ainda há mais cousas nos compartimentos do meu cérebro sobre isso. Esse realmente é um assunto complexo, que sempre gerou e gerará extremos opinativos.

    • E se esse bandido matasse sua irmã, tio, mãe, pai, filho, vc deixaria ele solto sem pena de morte? ou se ele cumprisse 10 anos, e se depois disso ele voltasse a rua e matasse de novo alguem da sua familia.

    • Voce citou Deus, então admito que seja religioso, provável cristão certo? caso seja posso citar 2 paginas de versículos da bíblia promovendo a pena capital.

      • E se fosse você ou seu parente ninguém é melhor do que ninguém, a Bíblia pode até falar isso,mas nos manda perdoar também devemos ter cuidado com esse dente por dente e olho por olho.

    • Os homens têm menos escrúpulos em ofender quem se faz amar do que quem se faz temer, pois o amor é mantido por vínculos de gratidão que se rompem quando deixam de ser necessários, já que os homens são egoístas; mas o temor é mantido pelo medo do castigo, que nunca falha. Nicolau Maquiavel

  14. “Um criminoso não tem direito algum de matar alguém, assim como ninguém tem direito de tirar a vida dele. ”

    Mas o criminoso é exatamente alguém que QUEBRA esse direito, essa regra social, essa convenção universal.

    O criminoso merece sim ASSUMIR O ÔNUS dessa quebra no CONTRATO SOCIAL e a sua pena deve SIM ser PROPORCIONAL ao seu crime. Até os próprios marginais que estão cumprindo pena compreendem isso. Um sujeito que estuprou alguém deve pagar na mesma proporção e ser devidamente estuprado. Não é isso que eles fazem lá dentro?! Isso é equilibrar os atos, a dinâmica social, é, enfim, fazer justiça.

    A Lei de Talião era injusta não porque punia de forma proporcional (matou, morre), mas porque não punia só o indivíduo; ela atravessava as gerações, fazendo tb parentes pagarem pelo que o seu ancestral fez.

    Agora, eu só acho que a Pena de Morte só pode FUNCIONAR BEM dentro de um sistema que combata a priori qualquer forma de CORRUPÇÃO (porque as chances de se cometer alguma injustiça pelo sistema são enormes e configurará DUAS injustiças), e que ofereça o tempo (o prazo aqui estaria atrelado a uma sentença perpétua) para que o criminoso possa se arrepender sinceramente do que fez.
    Aceito bem que NÃO pode haver retorno de uma prisão perpétua, dependendo da GRAVIDADE do crime (MOTIVO + CONTEXTO + FORMA). Ponto.

    Mas deve-se deixar uma janela aberta- PRA TODOS- do amor de N.S.Jesus Cristo para que o arrependimento e o perdão possam conduzir as almas à uma eternidade melhor.

    Já vi acontecer: famílias que perderam seus entes queridos por facínoras e que NUNCA MAIS tiveram paz, mesmo depois da sentença justa; e vi um caso de um pai que encontrou essa paz depois de saber que o assassino do seu filho, antes de atravessar o corredor da morte, confessou em prantos o seu arrependimento.

    Desprezo psicopatas (qual a diferença do psicopata pra uma barata? A barata voa, oras). Mas sei que no meio deles há sempre a esperança circulando, invencível.

    • “Mas o criminoso é exatamente alguém que QUEBRA esse direito, essa regra social, essa convenção universal.”

      Mas se alguém o mata, estará quebrando esse direito também, ou seja, estará sendo criminoso, mesmo que isso seja baseado no fato do facínora ter cometido o crime primeiro. Nenhum ato justifica o outro. Afinal, quem é você? Quem sou eu? Quem somos nós para poder julgar o direto à vida para os outros?

      E me desculpe, mas você mesmo acabou considerando a pena de morte ridícula:
      “Agora, eu só acho que a Pena de Morte só pode FUNCIONAR BEM dentro de um sistema que combata a priori qualquer forma de CORRUPÇÃO”

      Desculpa, mas esse sistema é utópico. Ou tú irás dizer que não? Assim, isso é outro fator que invalida a sua “teoria”.

      Eu não quero prosseguir comessa discussão saudável. Esse assunto, como já disse, é muito complexo e gera muitos extremos opinativos. Valeu Cara!

      • Carcere privado e crime e desumano, vamos abolir o sistema carcerario então pra não igualarmos aos criminosos, vamos deixá-los livres fazendo o que bem entender ate cansarem.

  15. Ninguém, absolutamente ninguém, tem o direito de tirar a vida do outro… O Estado não pode assumir esse papel de assassino. Não existe justificativa para tirar a vida de alguem por mais errado que seja. A pena de morte não é não foi e nunca será uma forma de se acabar com a criminalidade, e sim uma forma de provocar mais violência ainda. Não é porque alguém errou ao matar alguem, que devemos nos igualar ao mesmo e também mata-lo.

    • 1 assasino morto correspondem em média a 6 a 10 pessoas vivas tenha em vista que uma dessas 6 pessoas poderia ser uma pessoa de grande afinidade para você.
      Pertence a cada homem só aquilo que ele é capaz de conseguir, e apenas enquanto for capaz de conservá-lo. É esta condição miserável que o homem realmente se encontra, por obra da simples natureza. Thomas hobbes

  16. Ainda tem criminosos que vão ficar 20,40, 50 anos na cadeia e vão morrer lá dentro, por causa da idade avançada. Será que uma pessoa assim quer realmente viver? As chances de sair da prisão não muito altas. A pena de morte deveria ser aplicada a pessoas com crimes hediondos, que tiveram sentenças muito altas e que seus crimes sejam comprovados, assim, evitaria o engano e o arrependimento.

  17. Oi, Ícaro…

    EU: “Mas o criminoso é exatamente alguém que QUEBRA esse direito, essa regra social, essa convenção universal.”

    VC: “Mas se alguém o mata, estará quebrando esse direito também,[...]”

    EU de novo: Não, Ícaro… No caso da PENA DE MORTE não é “alguém” que o mata, mas a figura jurídica do Estado. Não é uma pessoa, é uma Instituição que representa os interesses de um conjunto de pessoas, no caso a sociedade.

    VC: “[...]ou seja, estará sendo criminoso, mesmo que isso seja baseado no fato do facínora ter cometido o crime primeiro.”

    EU: A sua lógica no fim se joga propositadamente num beco-sem-saída que acaba por dá INDULTO TOTAL para qualquer crime de assassinato, pois qualquer um ficaria moralmente impedido de REAGIR À ALTURA, inclusive a própria Justiça vigente. No seu mundo ideal os criminosos viveriam num verdadeiro paraíso.

    No CONTRATO SOCIAL, estabelecido não por uma comitiva de iluminados, mas pela EXPERIÊNCIA HISTÓRICA UNIVERSAL de todas as sociedades, existe sim a previsão da quebra desse contrato que NÃO PODE SER IGNORADA por ninguém (inclusive pelo facínora que “cometeu o crime primeiro”). A não ser que invertamos tudo e transformemos a vida social no livro 1984 do George Orwell, a que se verificar qual o preço a se pagar por essa quebra contratual.

    VC: “Nenhum ato justifica o outro. Afinal, quem é você? Quem sou eu? Quem somos nós para poder julgar o direto à vida para os outros?”

    EU: O que vc está querendo dizer é que não se pode punir os criminosos com a morte. Ninguém tem esse direito; quer dizer, eu e vc não somos diferentes de um psicopata, não temos cacife moral e intelectual pra IDENTIFICAR um ato que vai contra meus princípios e contra a ordem social. Isso que vc diz não faz o menor sentido, Ícaro.

    Mas É SIM necessário punir os faltosos. A justiça manda “dar a cada um o que é seu”. Todas as sociedades civilizadas SEMPRE ENTENDERAM esse senso de justiça, essa lógica, que MANTIVERAM essas mesmas sociedades funcionando e evoluindo para o BEM GERAL (Bem esse que, pra existir, DEPENDE de haver antes uma Justiça, uma justa punição para o ERRO). O Bem não sobrevive sem a Justiça. E essa mentalidade ‘PACIFISTA’ (boazinha) de Nova Era de nossos dias parece que já ignorou essa condição primordial pra sempre.

    Quando um ladrão rouba uma pessoa, cometeu uma injustiça e a vítima, além da sociedade, é “CREDORA” desse ladrão. Então, para se fazer justiça, o ladrão deve pagar pelo que fez. Restituir o que subtraiu à vítima e pagar uma pena justa, isto é, PROPORCIONAL, coerente ao ato cometido.

    Por isso sempre se diz: “O criminoso está em dívida com a sociedade”, “Já paguei minha dívida com a sociedade”…

    Os maus devem ser punidos, é o que ensina São Tomás na “Suma contra os gentios”, em que cita algumas passagens da Bíblia:

    Diz o Apóstolo: “Não sabeis que um pouco de fermento corrompe a massa?” (ICor 5, 6e13), acrescentando logo após: “Afastai o mal de vós”. Referindo-se à autoridade terrestre, diz que: “Não sem razão leva a espada, é ministro de Deus, punidor irado de quem faz o mal” (Rm 13,4). Diz S. Pedro: “Sujeitai-vos a toda criatura humana por causa de Deus; quer seja rei, como soberano; quer sejam governantes, como enviados para castigar os maus, também para premiar os bons” (1Pd 2,13-14).

    De acordo com essas passagens, a punição é NECESSÁRIA para a própria SOBREVIVÊNCIA do restante da sociedade, e os governantes têm o direito de punir.

    A pena deve ser proporcional ao agravo. Desse modo, para uma infração LEVE devemos ter uma pena LEVE, para uma infração MÉDIA, uma pena MÉDIA, e para uma infração GRAVE, por exemplo, um ASSASSINATO, devemos ter uma pena FORTE (e EQUÂNIME), que é justamente a pena de morte.

    Por isso a Bíblia elenca vários crimes que são dignos de morte.

    Se o próprio Deus permite a pena de morte em determinados casos, quem sou eu pra corrigí-lo.

    Se digo que não se deve julgar ninguém (e que ninguém pode tirar a vida de outros), como se isso fosse uma forma de ser humilde e bondoso, nesse momento já estou sendo maior que Deus, me tornando um sujeito extremamente altivo acima do bem e do mal (e cínico perante a dor de quem perdeu um ente querido para a crueldade de um assassino).

    “E me desculpe, mas você mesmo acabou considerando a pena de morte ridícula: ‘-Agora, eu só acho que a Pena de Morte só pode FUNCIONAR BEM dentro de um sistema que combata a priori qualquer forma de CORRUPÇÃO’”

    Ridícula não, caro Ícaro, NÃO APLICÁVEL NO MOMENTO (no contexto atual em que vive o Brasil)… Em outros países a pena de morte vai MUITO BEM, OBRIGADO.

    “Desculpa, mas esse sistema é utópico. Ou tú irás dizer que não? Assim, isso é outro fator que invalida a sua “teoria”.”

    Utopia, por exemplo, Ícaro, é achar que cadeia, prisão, foram invenções concebidas pra “recuperar” criminosos para que um dia estes possam voltar novamente sãos e salvos, transformados, limpinhos, quitados, para o seio da sociedade; e não a FORMA MAIS JUSTA e RÁPIDA de AFASTAR aqueles que não sabem conviver bem em sociedade e tendem a colocá-la em risco o tempo todo.

    Utopia é crer que um Champinha solto após alguns anos de reclusão numa casa de custódia para doentes mentais (que nem é o caso dele) pode ser “convencido” por “especialistas” dos seus erros e se tornar um cidadão de bem.

    Utopia é acreditar nessa PATACOADA fomentada pelas ideias esquerdistas de que o criminoso na verdade é uma vítima da sociedade injusta que a obriga a roubar, matar e destruir.

    “Eu não quero prosseguir com essa discussão saudável.”

    Sinta-se à vontade. |¬)

    “Esse assunto, como já disse, é muito complexo e gera muitos extremos opinativos. Valeu Cara!”

    É vero. Mas o assunto PRECISA ser colocado URGENTEMENTE nas discussões públicas porque são mais de 70 mil famílias que experimentam a desolação e a falta de sentido todos os anos nessa guerra civil silenciosa.

    Bom, então tá meu caro Ícaro, valeu aí tb, meu brother. Quáqué coisa estamos aí, ok!?

  18. Oi Fábio,

    “Ninguém, absolutamente ninguém, tem o direito de tirar a vida do outro…”

    EU: Na teoria isso é lindo. Se ninguém tem “o direito” de tirar a vida de outro, onde fica O DEVER de fazer valer esse DIREITO SAGRADO À VIDA numa sociedade? Tirando o DEVER INDIVIDUAL (PARTICULAR), a quem cabe GARANTIR e CUMPRIR esse direito numa sociedade senão ao Estado Democrático de Direito?

    “O Estado não pode assumir esse papel de assassino.[...]”

    Não só pode como deve, quando, CLARO, existe uma retaguarda jurídica que VALIDE a lei vigente MAS que- ao mesmo tempo- não dê MARGEM para o Estado (o governo) ficar ACIMA DESSAS LEIS DO PAÍS; senão é a TIRANIA ESTATAL ou a barbárie anárquica. E, não sei se percebeu, já estamos caminhando A PASSOS LARGOS nessa direção pois deixamos que uma turma de traíras revolucionários usurpassem as leis do país assim que chegassem ao PODER LEGITIMADO NAS URNAS.

    “Não existe justificativa para tirar a vida de alguem por mais errado que seja.”

    E qual seria a sua justificativa para se punir o ERRO do assassinato cruel (premeditado), por exemplo? Mostrar o dedo em riste para o assassino e aplicar aulas, slides, terapia, conversas amigáveis… que matar é feio, é errado?

    Ai-ai-ai, vc foi um menino muito mal, não podia fazer o que fez; feio e bobo vc é! Da próxima vez já sabe, hein!? Palmada no bumbum. Se reincidir, cantinho do castiguinho! É isso!?

    Ou é trancafiar o desgraçado pra sempre numa cana perpétua e fazendo com que a sociedade passe a PAGAR A CONTA- CARÍSSIMA- PELO ERRO dele, mantendo um psicopata vivo e bem alimentado, DESVIANDO RECURSOS PÚBLICOS que seriam muito melhor aplicados para o bem geral do país, pra MAIORIA pacífica, honesta e ordeira?

    “A pena de morte não é não foi e nunca será uma forma de se acabar com a criminalidade,[...]”

    Falácia do FALSO DILEMA. Quem disse que a pena de morte é uma forma de “ACABAR” com a criminalidade???

    E quem disse que a CRIMINALIDADE um dia vai “ACABAR” nesse mundo que jaz no maligno???

    O que a Justiça, desde que o mundo é mundo, sempre tentou fazer foi CONTER o crime PUNINDO-O com SEVERIDADE. Ponto.

    Até essa ideia de “DIMINUIÇÃO DO CRIME” é relativa. O que se espera dessa CONTENÇÃO é a diminuição da VIOLÊNCIA.

    O excesso de crimes e de impunidade (soube de um lugar que tá assim |¬)) tende a gerar e AUMENTAR a sensação de insegurança, o medo, a desconfiança geral entre as pessoas, acabando por gerar tb num curto espaço de tempo a CONFUSÃO MENTAL NA SOCIEDADE (isso não me é estranho, eu sei que conheço um lugar assim |¬)). Qualquer sociedade precisa ANTES DE TUDO de segurança pra poder viver com relativo equilíbrio emocional; depois tudo mais vos será dado por acréscimo.

    “[...]e sim uma forma de provocar mais violência ainda. Não é porque alguém errou ao matar alguem, que devemos nos igualar ao mesmo e também mata-lo.”

    Mas eu não estou me igualando a ele. A MOTIVAÇÃO não é a mesma!

    Aceitar a morte como PUNIÇÃO não pode sujar a minha consciência moral nem a minha reputação pessoal.

    O mundo é um lugar hostil, barra-pesada, se vc bobear, DANÇA GATINHO!

    É LEGÍTIMO reagir contra uma violência numa situação que vc NÃO TEM CONTROLE. Ninguém foi lá importunar o sujeito que resolveu IMPORTUNAR a sua vítima e arrancá-la da existência de forma cruel, dolorosa. Esse infeliz assumiu CONSCIENTEMENTE o ônus, essa dívida social.

    E o que aumenta a violência em qualquer lugar é a IMPUNIDADE. Verifique, por exemplo, lá nos EUA o mapa da criminalidade dos últimos anos (eu não tenho ele aqui agora senão ti dava); se nos estados onde a pena de morte é permitida houve um aumento considerável nos crimes mais brutais ou não (e vice-versa). Verifique tb a questão do DESARMAMENTO lá (que é assunto intrínseco a esse). “Coincidentemente” TODAS as últimas matanças por lá foram cometidas em cidades onde impera a lei do desarmamento.

    Valeu.

  19. AHha Sou contra a pena de morte, pois não demos a vida, cabe somente a Deus dar ou TIRAR a vida de alguém, se matarmos nos estaríamos nos igualando ao individuo condenado… Se existi-se a pena de morte no Brasil muitas pessoas inocentes morreriam… acredito que se o Brasil desse penas rigorosas como prisão em regime fechado, aplica-se as penas para acima de 40 anos e em caso de morte ou estupro ou qualquer MAIS GRAVE, coloca-se o criminoso em Prisão perpetua… Se o Brasil fize-se isso não precisaria da pena de morte, nem existiria esse assunto, mas como a Justiça não faz nada, apenas dá as cadeias para os criminosos dormirem como se fosse um HOTEL, Vai sempre existir o assunto da PENA DE MORTE..

    • A pessoa que ingressa no crime faz uma opção, colocando em risco a vida e o patrimônio de inocentes. Por que o criminoso não pode ter sua vida responsabilizada pelos seus atos se a vida de inocentes já são responsabilizadas pelos atos deles?

  20. Felipe,

    Vou reportar o meu último comentário que fiz no outro post sobre ser a favor da pena de morte a vc, e espero que compreenda a GRAVIDADE do seu raciocínio “pró-vida”:

    Às almas boas e pacifistas coraçãozinho add que frequentam esse espaço, que fique BEM claro pra vcs, caso o que vai abaixo acontecesse, por exemplo, com suas mães, irmãs, filhas, sobrinhas e amigas, E SEM QUE ISSO LHES CAUSE algum sentimento ruim nas suas nobres e limpas consciências GUTI-GUTI politicamente corretas (seja de repúdio, ódio ou de dor lancinantes) , que fique BEM claro que a PENA DE MORTE aqui caberia TAMBÉM a vcs.

    http://julearauju.blogspot.com.br/2013/09/imagens-fortes-se-for-menor-de-idade.html

    A principal característica do Mal não é o ódio ao Bem, mas sim a INDIFERENÇA para com o próprio Mal.

    A única coisa necessária para a perpetuação do mal é que as pessoas de boa vontade se omitam diante dele.

    Condenar à morte um facínora psicopata que teve o prazer de esmagar sua vítima de forma covarde, torpe (sem dar chance de defesa) NÃO ME COLOCA NA MESMA SITUAÇÃO QUE ELE, pois a MOTIVAÇÃO do meu ato assassino NÃO É A MESMA E SE JUSTIFICA A SI MESMA na PROPORCIONALIDADE da reação ao ato bárbaro e injustificável.

    “TENTAR DISSUADIR O MAL PASSANDO UMA IMAGEM DE BONDADE E TOLERÂNCIA COM OS JARGÕES E LUGARES COMUNS DO POLITICAMENTE CORRETO (QUE SEMPRE SE DISPÕEM EM ANTES PRESERVAR O CRIMINOSO COM PUNIÇÕES EDUCATIVAS E NÃO GARANTIR PRIMEIRO A JUSTIÇA PARA A VÍTIMA) É, SEM SOMBRA DE DÚVIDA, A FORMA MAIS RÁPIDA E EFICIENTE DE PROMOVER ESSE MAL POR TODA A PARTE”

    Complementando:

    1-A pena de morte JÁ EXISTE nesse país imenso e manso de forma ilegal e já vem tragando ao longo de mais de 20 anos dezenas de milhares de famílias e indivíduos.

    2-Entendo tb que seja um qui-pro-có dos diabos aplicarmos a pena capital HOJE com um sistema brasileiro TOTALMENTE CORROMPIDO, DEFASADO e FALIDO da cabeça aos pés.

    3-Mas não é TOLERÁVEL, ADMISSÍVEL assistirmos inertes na fila do abatedouro a tanta impunidade e injustiças devido a morosidade da Justiça. No Brasil o crime não só REALMENTE COMPENSA como ainda é PREMIADO com penas brandas, e benefícios infinitos concedidos pelos doutores da lei

    4-Diante dessa realidade terrível em que nos encontramos, SÓ NOS RESTA a PRECAUÇÃO DA AUTO-DEFESA ARMADA, isto é, ter a CHANCE de pelo menos fazer a JUSTIÇA CORRETA (JUSTA, PROPORCIONAL, DIGNA) com as próprias mãos, se ANTECIPANDO AO ATO ASSASSINO ou VINGANDO A BARBÁRIE INEVITÁVEL COMETIDA COM ALGUM ENTE QUERIDO (não será nem pelas mãos desse Estado extremamente corrupto, errado, invertido, abusivo, estúpido, injusto, NEM pelas mãos do carrasco que se dispôs a matar alguém da minha família). Temos que ter, pelo menos, o DIREITO (direito não, LIBERDADE) a AUTO-DEFESA (SUA E DOS SEUS).

    Fazer como é no Texas: mesmo que lá o governo se torne incompetente, maquiavélico e corrupto para LEGISLAR a pena capital, seus cidadãos (a sociedade civil) estão garantidos PELA CONSTITUIÇÃO a agir por sua consciência e risco.

    São mais de 120 cadeias. Mais de 25 milhões de habitantes, boa parte cidadãos de bem com 2, 5 trabucos em casa e na cintura. Polícia pacificadora lá chama-se TEXAS RANGER (saca o Chuck Norris? Mercenários?)

    Vagabundo lá pensa 101 VEZES antes de tentar fazer uma merda. Lá tem até uma cidade chamada Presidio, ó que legal.

    Da próxima vez que me perguntarem onde eu gostaria de viver caso o PCC e o CV disputem as eleições democráticas daqui uns anos, tô pensando seriamente em responder: – Em Presídio, oras! |¬)

  21. Eu era afavor da pena de morte, mas mudei minha maneira de penssar, hj eu acabei de le aquele livro o corcunda de notridame (claro que já tinha vido o filme), nesse livro como vcs devem saber aquela ciganinha, Ismerauda foi condenada a morte, acuzada injustamente de assacinar o capitão Febo usando e acabou sendo morta, algo muito triste, claro que estamos falando de uma sociedade medieval, mas as características humanas são as mesmas isto é condenar alguém a morte injustamente, além disso se o estado matasse líderes do tráfico e assacinos importantes como o Marcola o povo dele cai incima e mata todo mundo que eles acham que tem haver com a morte do FDP, não podemos arriscar novas vítimas devido a pena de morte, temos sim que deixar esses criminosos em uma cadeia incomunicável e tendo que trabalhar para pagar o gasto que a sociedade, o governo tem com ele.clar

  22. por favor entre no site www. unibrasileiradospatriotas;com. br e facebook ubrapa e leia as soluçoes patrioticas onde se fala estas coisas com simplicidade e obejetividades. por que os politicos atuais que temos, e a falta de amor a este pais é tão grande que a maioria so pensa em e nada mais. parece até que são acefalo. elson campos

  23. OS BANDIDOS ROUBAM NOSSOS BENS E OS BENS MAIS VALIOSOS QUE EXISTEM, A VIDA DOS CIDADÃOS DE BEM. E UEM TEM QUE DEVOLVER ISSOOOOO???????????
    O GOVERNOS????????????
    NÃO. SOMOS NÓS MESMOS A TRAVES DE SEGUROS. CHEGAAAAAAAAAAA.

  24. a pessoa que faz um crime deste nao tem nem amor proprio entao a pena de morte pode ate ser a soluçao mas muitos vao pensar 2 vezes antes de fazer isto e chega de quem nao tem nada a ver morrer dr forma cruel e nos pagarmos ate a comida que estes vaga bundo come as vezes nem um trabalhador tem ainda fica reclamando pena de morte neles

  25. Amplamente favorável, observando a necessidade de revisão do CPP e da Lei de Execuções Penais…
    O rito processual para penas capitais deveria de ser o mais célere possível…

    Sou, também, amplamente favorável à implantação de penas CRUÉIS! Que façam o crápula sofrer, quando possível e viável, EXATAMENTE a mesma coisa que a sua vítima!

  26. ate quando aguentaremos esses monstros tirando de nos filhos, irmaos, pais, cidadaos de bem, contribuintes esquecidos pelas leis e a favor de monstros cheios de deireitos protegidos pelo estado?? Pau neles, morte pra essa cambada. Sociedade de frouxo cheia de delinquentes sem recuperação

  27. MInha proposta é a de pena de morte rescidiva, ou seja na reincidência. Com isto poder-se ia estabelecer penas de prisão pequenas mas fazendo com que o preso ouça uma mensagem 24 horas por dia dizendo que se voltar morre. Olhemos o problema do ponto de eficiência da sociedade. A sociedade não tem recursos para financiar todas as necessidades dos cidadãos, e é preciso estabelecer prioridades. Saúde e educação são mais prioritários do que manter presos irrecuperáveis. |Assim sendo é mais produtivo eliminar os que provocam desequilíbrio na sociedade. Outro ponto importante a considerar é o de que a recuperação cabe ao indivíduo e não à sociedade. Quem quiser viver na sociedade que se recupere. Para permitir a eventual recuperação proponho a pena de morte na reincidência. A maior parte dos crimes é praticada por reincidentes.

  28. A quem é contra a pena de morte, vou te fazer uma pergunta, o que você faria se tivesse uma filhinha linda de uns 9 aninhos, e ela fosse pra escola, antes de ir te beijasse. E te dissesse: __ papai, mamãe, amo vocês, quando crescer quero poder ajudar vocês em tudo o que eu puder. Mas depois que ela fosse pra escola, não voltasse mais? Você ficaria louco procurando, iria nas Delegacias, colocaria placas de criança desaparecida, depois de muito procurar. Toca o telefone e a triste notícia. Sua filha foi encontrada dentro de uma mala, toda quebrada como se fosse um monte de lixo, o corpinho dela foi abusado sexualmente, foi estrangulada, fizeram barbaridades com sua pequenina antes de matá-la, ela ainda gritava. “_Papai, socorro, me ajude, mamãe por favor me ajude, por favor eu quero a minha mãe. Pense nisso e medite, um monstro desse merece viver?

  29. Geeente que absurdoooo! Violência gera violência, a justiça no BRASIL é mais que precária, quem diria na pena de morte. Todos os dias pessoas inocente são culpadas por crimes quem não cometeram, como mostra o último caso da mulher que foi linchada, sendo inocente. A saída para tamanha violência que assola nosso país é a educação, em que poucos tem oportunidade te ter! ignorantes julgando ignorantes. EDUCAÇÃO é disso que o Brasil precisa!

    • Pois bem Sra Hadassa,justiça feita pelas proprias mãos oque nao esta correto,seria o caso da moça assim ditada pela senhora mais se o destino dessa moça fosse investigada pela justiça concerteza teria deixado as claras por não ter culpa pelo crime,o problema daqueles que matam ,assassinos ,è que não existe recuperaçao . Eu lhe pergunto se deus me livre alguem e assassinado de sua familia por um bandido e pela justiça que vivemos hoje no Brasil voce faça o boletim de ocorrencia eo
      assassino e preso durante dez anos voce nao acha que esta pessoa ira ser amigavel ao te encontrar na rua posteriormente ???Na cadeia bandidos e assassinos estupradores convivem no mesmo ambiente ideias e pensamentos acabam se espalhando e a lei da natureza ou como a biblia diz :”diga com quem tu andas que eu direi quem voce é”. Ouço muitos aqui(respeitando a opnião de cada um) que nao se paga com a mesma moeda e e reflexões do mesmo segmento,pois bem se for assim a policia armada nao tem direiro de revidar tiros com bandido pois ela nao tem direito de pagar com a mesma moeda ?! A pena de morte serve antes de mais nada como exemplo a aqueles que pensam em matar pessoas inocentes ,diminuira lotaçao dos presidios a aqueles que realmente tem uma recuperaçao .Marcola ,Fernandinho beira mar ja mataram roubaram ja traficaram e estam presos ,resultado comandao grupos terroristas como o pcc e que estao livre de justiça pois pela lei ja estao pagando pelos crimes não punir de forma severa so deixa o sistema mais fraco e assim perdermos pra criminalidade,drogas e nossos familiares, lembresse menos um assassino é mais uma pessoa de bem cumpridora da lei e mais um sonho permanecido .pena de morte sim para aqueles que deus sim deu uma oportunidade na vida e foi arrancada por aqueles que nao pensaram duas veses em apertar o gatilho ou serrar a carne de alguem .

  30. SIM. PENA DE MORTE JÁ. Só precisa estabelecer algumas regras. Os que são contra, que paguem as despesas dos P no C que estão nos presídios. Cada preso custa em média R$2.500,00 por mês, e quando vão para o Hospital, passam na frente de todos que estão esperando na fila de atendimento, isso é justo?

  31. Porque o governo não faz um referendo, igual ao do desarmamento para a pena de morte. Desarmaram o povo, agora os bandidos estão deitando e rolando.
    Brasil, país de “tolos”.

Comente com polidez!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s